Psicólogo, psiquiatra ou psicanalista? Saiba quais são as diferenças
Natalia Cuminale

Procurar ajuda profissional para administrar problemas cotidianos, buscar autoconhecimento e tratar distúrbios de comportamento é uma prática cada vez mais comum. A questão é quem procurar. Psicólogo, psiquiatra ou psicanalista? Para responder à pergunta, VEJA.com ouviu especialistas e fez um guia com as principais características.

Veja a matéria completa clicando aqui.

 
Que herdamos da Família?

Seguramente não só cadeias do DNA – que as vezes pouco se diferenciam dos outros animais vivos -, tampouco podemos responder que se trata somente dos bens ou dívidas. Então, que herdamos da família além de uma mensagem genética que é unívoca e inequívoca? Herdamos no melhor dos casos uma língua que é fundamentalmente equívoca o que nos faz habitar, por sermos falantes, no mal-entendido estrutural.

É este dom que herdamos e do qual precisamos apropriar-nos, o que nos humaniza, o que nos civiliza, o que nos possibilita ser cidadãos pelos laços de discurso que estabelecemos com os outros. Isto é o que está capenga, o que está mancando cada vez mais nos dias de hoje, onde a queixa que escutamos de pais e de filhos, de professores e alunos é a incapacidade de conversar entre eles.

Um filho não só está feito de carne, também de palavras e de letras, nesse sentido a criança é primeiramente um objeto caído do corpo materno, é também um sujeito por vir.

Leia mais...
 


Enquete

Você sabe a diferença entre melancolia e depressão?
 

Newsletter